terça-feira, 26 de janeiro de 2010

Testemunho de formação em Primeiros Socorros!....

Há muito que queria fazer um Curso de Primeiros Socorros … mas é difícil saber onde e como.
A empresa decidiu dar essa formação aos seus Colaboradores e eu, apesar de administrativa, fui contemplada, integrando o 1º grupo.

Foi uma formação muito interessante e com muita dinâmica da parte do formador, conseguindo “arrastar e cativar” os formandos. Retiveram-se conhecimentos e aprenderam-se técnicas muito importantes e de grande ajuda para o dia a dia, na empresa, em casa, no caminho … e, sobretudo, para situações graves.
Ao fazer o balanço da formação, devo salientar que, para mim, a mais valia foi saber como entrar CORRECTAMENTE em contacto com o INEM – a expressão “Senhor agente passe-me ao CODU” não esqueço nem esquecerei! E como estava longe de imaginar que, num curto espaço de tempo, iria pôr em prática alguma coisa do que aprendi...

Estava na festa de aniversário da minha sobrinhita, quando o meu pai, “velhinho” de 82 anos, desfaleceu 2 vezes, num intervalo de 30 minutos. Não hesitei e liguei para o INEM, pedindo ao sr. agente que me ligasse ao CODU, o que fez de imediato, sem levantar questões. Expliquei então a situação, dei os pontos de referência do local e,…passado pouco tempo a ajuda chegava!

Felizmente não foi nada de grave e, no caminho de regresso a casa com o meu Pai, depois de ter sido observado no Hospital, já mais serena, reflectia no acto que, inconscientemente fiz ao ligar para o INEM, na prontidão com que me encaminharam para a pessoa certa …. tempo que faz a diferença … entre a Vida ou a Morte! Ou evita danos irreparáveis na vítima!

Foi a prova provada de que o saber não ocupa espaço, AJUDA … quando menos esperamos!!!

Cumprimentos,

Ilda Leão
Secretária de Direcção - MBI, Unipessoal Lda

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

Imagens com história

Em Genebra (Suíça), o edifício, onde está intalado o Comité Internacional da Cruz Vermelha



A Cruz Vermelha Portuguesa, no seu percurso evolutivo, vem adquirindo competências que são de referência. É de relembrar que, a vontade de saber, tem história. Na evolução da aquisição de saberes, mostram-se algumas imagens históricas....

Aqui, num curso pediátrico, as participantes, são jovens que aprendem a dar banho a um "bebé" manequim !... 

A formação, nas várias vertentes de aquisição de competências, com a sessão de coberturas e fracturas ...


Num curso de socorristas, praticam-se técnicas de levantamentos

As técnicas de intubação endotraqueais (figura da esquerda) são praticadas em manequins de treino. Na foto da direita, os socorristas podem praticar técnicas de evacuação recorrendo à imobilização tipo Neil Robertson !...

 

Os meios disponíveis para o transporte (a auto-maca de 1920, à esquerda); mais moderna uma ambulância de transporte:





 A certificação final, esta datada de 24 de Novembro de 1975 (uma parceria com a Direcção de Serviços de Prevenção de Riscos Profissionais e a Cruz Vermelha Portuguesa)!... 
É este o posicionamento da Cruz Vermelha Portuguesa: Aprender gestos que salvam!.....

Avaliação curso 26/TAT/10

PAUTA 

1- Araújo, Andreia Carina Castro Trigo – 13,8 Valores
2- Borges, Joana Freitas                        – 13,9 Valores
3- Couto, Letícia Salomé Alves              – 14,6 Valores
4- Costa, Rita Isabel Oliveira                 – 16,7 Valores
5- Faria, Alexandre Manuel Teixeira      – 16,6 Valores
6- Pereira, Maria Matilde Silva              – 14,4 Valores
7- Pimentel, Miguel Mamede da Silva    – 16,2 Valores
8- Ramos, Sílvia Rola                            – 13,8 Valores
9- Sampaio, Tiago Durval Pontes           – 16,4 Valores
10- Silva, Fátima Isabel Pinheiro            – 13,9 Valores
11- Sobrinho, João Abel Almeida          – 13,3 Valores
12- Sousa, Luzia Isabel Ferreira Cunha  – 15,3 Valores